Teatro de graça: "A Vida Ordinária de Cristina"

Espetáculo com dramaturgia de Alexandre Ribondi, direção de Alessandro Brandão e atuação de Adriana Nunes (Os Melhores do Mundo) e Luísa Rodrigues aborda encontro emocionante em temática LGBTQIA+ (Crédito Nick Elmoor)

São muitos os obstáculos que podem, ainda, separar pessoas de diferentes gerações.  Impedimentos que confrontam épocas distintas e questões que apontam divergências na visão político/social e humanitária ao englobar pessoas dissidentes em luta pelos direitos mais básicos. Direitos LGBTQIA+. Foi pensando em todas estas questões que o ator, diretor e dramaturgo Alexandre Ribondi se juntou ao diretor, ator e bailarino, Alessandro Brandão, e as atrizes Adriana Nunes, Luísa Rodrigues e grande equipe por detrás das ribaltas para conceber o mais novo espetáculo teatral A Vida Ordinária de Cristina.

A obra inédita que conta com o patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF) irá estrear no dia 19 de maio em sessões às 15h30 e às 20h no Teatro Sesc Taguatinga Norte (CNB 12 - Área Especial 2/3 - Taguatinga Norte). Já no dia 20, em sessões também às 15h30 e 20h no Sesc Ceilândia (TEATRO SESC NEWTON ROSSI - QNN 27, ÁREA ESPECIAL – LOTE B). Para finalizar a temporada, nos dias 21 e 22 de maio, A Vida Ordinária de Cristina poderá ser conferida sempre às 19h no ESPAÇO CULTURAL RENATO RUSSO (508 Sul). Entrada gratuita. Não recomendado para menores de 14 anos.

O enredo apresenta Tônia (Luísa Rodrigues), uma mulher transgênero que se encontra nos bastidores de um programa de televisão sensacionalista. Cristina (Adriana Nunes), uma mulher cisgênero simples e intimidada pelo ambiente, também espera para gravar no estúdio do programa. Ambas se encontram na espera das gravações.

“O espetáculo narra a encontro de duas mulheres que buscam desvendar situações conflitantes do passado. Tudo gira em torno das descobertas das diferenças e das frustrações das expectativas sociais que os pais impelem na formação de seus filhos. A peça discorre sobre a transgeneralidade e como o apoio, o amor, o acolhimento em seu primeiro e mais importante núcleo: o familiar, pode ser a base sólida de sustentação para a formação de um ser humano em liberdade e com valoração  de suas potências. A peça nos leva de maneira simples e contundente a perceber que o amor desfaz o medo e sisudez de uma sociedade arraigada na heterocisnormatividade”, adianta o diretor Alessandro Brandão.

E é em um cenário minimalista assinado pelo famoso cenógrafo, ator e figurinista Roustang Carrilho que essas duas mulheres irão dar vida a uma emocionante história de amor e desconstrução de qualquer tipo de preconceito. Além disto, a trilha sonora original de Marcello Linhos (Os Melhores do Mundo e Cia Armorial) preencherá a trama.

 

 

“O Brasil é, ainda, o País que mais mata pessoas trans no mundo. Isso não podemos jamais esquecer. E geralmente tudo isso começa em casa. O maior antídoto para isto é o amor. Pais amém incondicionalmente seus filhes, aceitem, cuidem, apoiem. O Amor é o nosso maior trunfo. E só ele é capaz de criar uma sociedade saudável”, pontua o diretor, Alessandro Brandão.

 

Ficha Técnica:

Espetáculo Cênico teatral

Classificação Indicativa: 14 anos +

Direção Cênica: Alessandro Brandão 

Elenco: Adriana Nunes e Luísa Rodrigues

Dramaturgo: Alexandre Ribondi

Gestão Administrativa: C1 arte e entretenimento

Produção: Paula Jacobson

Trilha sonora: Marcello Linhos

Assessoria de imprensa: Clara Camarano e Denise Camarano

Cenário/figurino: Roustang Carrilho

 

Serviço: Peça inédita A Vida Ordinária de Cristina estreia gratuitamente nos principais teatros do Distrito Federal

Data: 19 de maio

Horário:  15h30 e 20h

Local: Teatro Sesc Taguatinga Norte (CNB 12 - Área Especial 2/3 - Taguatinga Norte).

Data: 20 de maio

Horário: 15h30 e 20h

Local: Sesc Ceilândia (TEATRO SESC NEWTON ROSSI - QNN 27, ÁREA ESPECIAL – LOTE B).

Data:  21 e 22 de maio

Horário: 19h  

Local:  ESPAÇO CULTURAL RENATO RUSSO (508 Sul)

 Entrada gratuita

 Não recomendado para menores de 14 anos.

Newsletter

Assine nossa newsletter e não perca nossas melhores notícias!

Não fazemos spam!